Kart

Alberto Otazú vence a segunda consecutiva da F4 Akasp

O piloto Alberto Otazú (Pailler Racing/Bianchi Automóveis/Cardoso Funilaria e Pintura/No Fire Services/Speed Truck/Rolley Ball/AVSP) começou com força total no longo campeonato de F-4 da Associação de Kart Amador de São Paulo (Akasp). Menos de uma semana após vitória na abertura do certame, ele venceu ontem (09/3) a segunda etapa de forma dominante, liderando de ponta a ponta e ainda estabelecendo a volta mais rápida. Na segunda posição, 12s788 atrás terminou Otávio Lotfi, que assumiu a liderança isolada do torneio. Otazú ocupa a segunda e terceira posições, ao lado de Hélio Bianchi e Rogério Cebola, respectivamente.

“Estou feliz por vencer a segunda etapa seguida, com karts diferentes e manter a minha invencibilidade em 2020. Agradeço e dedico esta vitória ao dono do kart desta vez e meu parceiro Hélio Bianchi”, comemorou Otazú, que no ano passado foi vice-campeão da categoria justamente ao lado de Bianchi.

Logo na largada Alberto Otazú saiu na frente, mas na primeira curva levou um toque de Otávio Lotfi, que espalhou e perdeu várias posições. Enquanto Otazú ia abrindo vantagem na frente, Lotfi ia fazendo voltas rápidas e recuperando posições, até ultrapassar Emílio Di Bisceglie e assumir a vice-liderança. Na 20ª volta Otazú ganhou um ponto extra pela volta mais rápida (39s841).

As brigas intermediárias eram intensas, principalmente entre André Relvas, Rogério Cebola e Heraldo Brasil, que chegaram a seguir nesta ordem. Campeão do ano passado ao lado de seu filho Bruno, Arnaldo Biondo não conseguiu um bom desempenho desta vez e terminou em sétimo.

A novidade desta etapa foi o retorno de Sandro Ferraris ao campeonato, e a estreia de Edu Abrantes, como prêmio por ter vencido o campeonato da AKSP (Associação dos Kartistas de São Paulo) no ano passado, na categoria Graduados e também na Sênior.

A terceira das 40 etapas será no dia 18/3, novamente no Kartódromo Granja Viana, com os seis primeiros desta prova largando em posições invertidas.

O campeonato da Akasp é composto por cinco turnos, com oito etapas cada. A decisão do certame sempre fica para o turno final, que começa com a pontuação recalculada depois das bonificações ao fim das 32 primeiras etapas. O certame de F-4 é disputado com karts Mega dos próprios pilotos, mas acertos de chassi fixos, equipados com motor Honda GX 390, de 18 hp, equalizados e sorteados pela MFS Racing. A novidade desta temporada é a utilização dos pneus Lecont.

Resultado da segunda etapa da F-4 da Akasp: 1) Alberto Otazú/Hélio Bianchi, 36 voltas em 25min11s586; 2) Otávio Lotfi, a 12s788; 3) Emílio Di Bisceglie/Bruno Biondo, a 13s463; 4) André Relvas/Luiz Reche, a 19s706; 5) Rogério Cebola/Alberto Otazú, 20s031; 6) Heraldo Brasil, a 20s733; 7) Arnaldo Biondo/Bruno Biondo, a 40s492; 8) Luiz ‘Sadan’ Sucupira/ Sérgio Luís, a 1 volta; 9) Walter Vignati, a 2 voltas; 10) Sandro Ferrari, a 2 voltas.

Texto: Divulgação

Foto: Divulgação