Rafael Lopes estreia com pódio na Copa Truck

29 de junho de 2020

A etapa de estreia de Rafael Lopes (Motul, Rei do Óleo – Marginal Tietê e Portal High Speed Brazil), na Copa Truck não teve o início desejado. Após andar bem durante os treinos livres e marcar o oitavo tempo na formação do grid de largada, o piloto paulista acabou não alinhando seu VW Constellation #54 no grid de largada.

Após trabalho da equipe, Lopes entrou na disputa mas com menos de duas voltas seu caminhão voltou a apresentar problemas mecânicos e acabou sendo obrigado a abandonar a disputa.

“Nós vínhamos bem nos treinos, mas, infelizmente tivemos problemas mecânicos durante a formação do grid de largada. Conseguimos passar para a disputa da pole position, mas, aí os problemas aumentaram. A equipe R9 Competições trabalhou forte. Acabei indo para a pista com a corrida já iniciada, mas com uma volta o motor apresentou problema e então ficamos de fora da disputa. Infelizmente acontece, e todos estamos suscetíveis a esse tipo de situação”, afirmou o piloto.

A primeira corrida foi vencida por Wellington Cirino #6 da AM Motorsport-Mercedes Benz.

De olho na segunda corrida, a equipe R9 Competições trabalhou muito, trocou todo o conjunto mecânico e colocou o caminhão de Lopes em condições de disputar a etapa de domingo, 28.

Durante o warm-up, o #54 foi mostrando sua força e após essa atividade estava pronto para a corrida. Partindo do 17° lugar, o piloto paulista foi escalando o pelotão, realizando ultrapassagens e com poucas voltas já figurava entre os ponteiros da disputa. Na altura da sétima volta, Rafael já ocupava a oitava colocação e partia para o combate com Débora Rodrigues #7.

Com menos de 20 minutos para o término da corrida a bandeira amarela foi acionada e o pelotão voltou a ficar compacto. Na relargada, Lopes se aproveitou bem e deixou o caminhão de Rodrigues para trás e foi para cima de Jô Dias #81, e não demorou para assumir a sexta colocação.

Com a disputa intensa nas primeiras colocações a possibilidade de um acidente aumentou e os ponteiros chegaram a se tocar, mas seguiram na disputa. A quebra de Valdeno Brito #777, fez com que Rafael Lopes subisse mais uma colocação entrando na zona de pódio, em Cascavel.

O piloto paulista era mais rápido que Wellington Cirino, que apresentava problemas, e que estavam se agravando com o passar das voltas o que prejudicou a visibilidade no caminhão de Lopes que concluiu a disputa no quinto lugar, segurando Débora Rodrigues, que passou na linha de chegada colada ao piloto do VW  #54.

“Conseguimos obter o quinto lugar na segunda disputa após largar em 17°. Eu estava bem, e mais rápido que os adversários que vinham a minha frente (Cirino e Marques), mas o caminhão do Cirino estava esguichando óleo diesel e passou a prejudicar minha visibilidade e a minha tocada passou a ficar mais complicada do que corrida na chuva.”

“Estou feliz com o resultado deste domingo, mas sei que tínhamos potencial para ir mais a frente se não tivéssemos esses problemas durante o final de semana. Mas é muito bom saber que estamos competitivos, que temos um equipamento espetacular e uma equipe como a da R9 Competições que se dedica, que faz de tudo para nos proporcionar o melhor equipamento para a disputa”, afirmou o piloto.

Confira a classificação final da segunda etapa da Copa Truck:

1° Beto Monteiro (VW)
2° Roberval Andrade (MB)
3° André Marques (Mercedes-Benz)
4° Wellington Cirino (Mercedes-Benz)
5° Rafael Lopes (VW)
6° Debora Rodrigues (Mercedes-Benz)
7° Felipe Giaffone (IVE)
8° Renato Martins (MAN))
9° Felipe Tozzo (MAN)
10° Regis Boessio (VOL)
11° Raphael Teixeira (FOR)
12° Evandro Camargo (MB)

Não completaram:
José Augusto Dias (VW)
Valdeno Brito(Mercedes-Benz)
Djalma Pivetta (IVE)
Fábio Fogaça (PRO)
Adalberto Jardim (PRO)
Leandro Totti (MB)
Luiz Lopes (IVE)

Confira o top-10 da classificação final da primeira copa:

Classificação final da Copa:

1° Beto Monteiro, 38
2° Wellington Cirino, 38
3° André Marques, 36
4° Roberval Andrade, 35
5° Débora Rodrigues, 28
6° Renato Martins, 23
7° Valdeno Brito, 20
8° Rafael Lopes, 15
9° Felipe Giaffone, 13
10° Adalberto Jardim, 13

 

Foto: Rodrigo Ruiz / Duda Bairros & Vanderley Soares/Divulgação

Texto: Matheus Furlan/High Speed Brazil/Divulgação

Copyright© 2007-2020 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: