Bottas fica com a primeira vitória de 2020 na Fórmula 1

5 de julho de 2020

Por Robério Lessa – Após muita expectativa, finalmente os apaixonados pela Fórmula 1 se reencontraram com a categoria após o adiamento da temporada 2020 em função da Pandemia do COVID-19.  Os meses pareciam anos e os pilotos mostraram uma enorme vontade de começar bem uma temporada que sequer sabe-se quantas corridas terá até o fim do ano (clique aqui e leia matéria sobre as oito etapas anunciadas até este o GP da Áustria), mas como só há um vencedor, coube ao finlandês Valtteri Bottas a vitória deste domingo (05), no Autódromo Red Bull Ring, na Áustria.

Bottas largou da pole position e conseguiu manter-se à frente dos demais competidores, sobretudo de seu companheiro na Mercedes, o britânico Lewis Hamilton, que terminou  em segundo, mas foi punido com o acréscimo de cinco segundos ao seu tempo final por conta de um toque com o tailandês Alexander Albon que colocou seu Red Bull ao lado da Mercedes de Hamilton. Os dois se tocaram e os comissários julgaram o hexacampeão culpado pelo toque e o sequente prejuízo a Albon.

Com a punição, Hamilton terminou em quarto. Charles Leclerc, da Ferrari, que cruzou em terceiro ficou em segundo com Lando Norris, da McLaren,  cruzando em quarto, mas conquistando o  terceiro lugar, completando o pódio.

Os pilotos enfrentaram as dificuldade de um forte calor, o que gerou preocupação de várias equipes, em especial da Mercedes, sendo necessário os engenheiros de Bottas e Lewis pedirem cautela nas voltas finais.

Ao final, Bottas saiu vencedor do primeiro duelo interno e coloca grande pressão em Hamilton, na Ferrari e na Red Bull que além do ocorrido com Albon, lamentou o abandono do seu primeiro piloto, Max Verstappen, na 11ª volta por conta de problemas em seu carro.

Mesmo com três entradas do Safety Car, Bottas conseguiu relargar bem em todas as ocasiões.

“Vencer uma corrida de F1 nunca é fácil, mas hoje foi particularmente desafiador. Havia tantas coisas acontecendo na corrida e teria sido muito fácil cometer um pequeno erro e perder tudo. Enfrentamos algumas preocupações de confiabilidade durante a corrida, o que nos pressionou bastante, mas felizmente chegamos ao fim com os dois carros. Acho que mostramos que temos um bom pacote. Precisamos resolver os problemas de confiabilidade, mas não tenho dúvidas de que nossa equipe possa resolvê-los. Estou ansioso por outra corrida aqui no próximo fim de semana”, afirmou Bottas.

Acompanhe a análise do jornalista  Tiago Mendonça, do canal Pr1meiro Stint, novo parceiro do Carros e Corridas, sobre o GP da Áustria.

A Fórmula 1 volta às atividades na próxima semana, com a realização do Grande Prêmio da Stíria, também no circuito Red Bull Ring.

Resultado final – Grande Prêmio da Áustria 2020 de F1:

1) Valtteri Bottas (Mercedes)
2) Charles Leclerc (Ferrari)
3) Lando Norris (McLaren/Renault)
4) Lewis Hamilton (Mercedes)
5) Carlos Sainz Jr. (McLaren/Renault)
6) Sergio Pérez (Racing Point/Mercedes)
7) Pierre Gasly (AlphaTauri/Honda)
8) Esteban Ocon (Renault)
9) A.Giovinazzi (Alfa Romeo/Ferrari)
10) Sebastian Vettel (Ferrari)
11) Nicholas Latifi (Williams/Mercedes)

Não completaram a prova:
Daniil Kvyat (AlphaTauri/Honda)
Alexander Albon (Red Bull/Honda)
Kimi Räikkönen (Alfa Romeo/Ferrari)
Romain Grosjean (Haas/Ferrari)
George Russell (Williams/Mercedes)
Kevin Magnussen (Haas/Ferrari)
Lance Stroll (Racing Point/Mercedes)
Daniel Ricciardo (Renault)
Max Verstappen (Red Bull/Honda)

Fotos: Großer Preis von Österreich 2020, Sonntag – LAT Images/Divulgação.

Copyright© 2007-2020 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: