Guilherme Samaia espera mais um passo adiante

16 de julho de 2020

Com fome de aprendizado e trabalhando para atenuar sua evolução em seu ano de estreia na Fórmula 2, uma das categorias mais difíceis e competitivas do mundo, Guilherme Samaia está na Hungria para a disputa da terceira rodada dupla da temporada. O traçado de 4.381 metros do Hungaroring, nos arredores da capital Budapeste, é uma pista extremamente técnica, de baixa velocidade média e com um desafio extra no verão europeu: o intenso calor.

O brasileiro, piloto da equipe Campos Racing, disputou as duas rodadas duplas iniciais, realizadas na Áustria, e que angariaram grande aprendizado ao piloto de 23 anos. “Já conheço a pista, quando corri na Euroformula em 2018. Claro que era um carro muito diferente, mas pelo menos sei para que lado que se vira”, define Guilherme.

Segundo ele, o principal será saber trabalhar os pneus. “Na Áustria nós usamos os três tipos de compostos nos dois finais de semana, então já pude compreender um pouco do funcionamento e como trabalhar com eles. Na Hungria teremos à disposição os pneus médios e macios. Claro que o asfalto da pista é bem mais abrasivo e provavelmente fará mais calor, então será um fator a mais a se considerar. Desafios extras que com certeza incrementarão ainda mais nesse meu processo de ganhar experiência”, disse.

As corridas da Fórmula 2 são transmitidas ao vivo no canal oficial da Fórmula 1 no YouTube.

Confira a programação desta etapa:
Sexta-feira (17 de julho)
Treino Livre: 7h55 – 8h40
Classificação: 12h00 – 12h30
Sábado (18 de julho)
Corrida 1 (feature race, 40 voltas): 11h45 – 12h45
Domingo (19 de julho)
Corrida 2 (sprint race, 28 voltas): 6h10 – 6h55
*Horários de Brasília

Texto: Cleber Bernucci/Divulgação.

Foto: Dutch Photo Agency/Divulgação.

Copyright© 2007-2020 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: