Na retomada do kart, Antonella Bassani disputa Copa SP, na Granja Viana

7 de agosto de 2020

Após quase cinco meses de pausa no calendário, por conta da pandemia do coronavírus, um dos principais campeonatos de kart do país retoma suas atividades neste fim de semana. A 3ª etapa da Copa São Paulo KGV será realizada no sábado (8), no Kartódromo da Granja Viana, em Cotia (SP). Para Antonella Bassani, será um compromisso duplo, já que a catarinense vai competir nas categorias Rotax Junior Max e Pro500.

Apesar de ter conseguido manter a frequência de treinos no kartódromo de Concórdia-SC, sua cidade natal, Totti está animada com a volta segura das competições oficiais. Especialmente, porque isso significa uma preparação importante para o desafio que ela tem pela frente.

Há cerca de um mês, Antonella foi anunciada como uma das participantes da fase final do programa “FIA Girls on Track – Rising Stars”, uma seletiva da FIA e Academia de pilotos da Ferrari, para incentivar a presença de mulheres no automobilismo. Dentre mais de 70 inscritas do mundo todo, Antonella foi uma das 20 selecionadas para as atividades presenciais, que acontecem a partir de outubro, na França. Então, ela tem se dedicado bastante também aos treinamentos físicos e aos estudos de inglês, em paralelo com as aulas virtuais da escola.

Para a disputa da Copa São Paulo, Bassani fez treinos nessa semana com três kart diferentes, com o que usa para a Rotax Jr e para a Pro500, que são bem diferentes entre si, e também treinou com um Shifter, o kart com marchas, o mais potente da modalidade, visando essa evolução em seu desempenho.

Após dois dias de treinos oficiais, as corridas da 3ª etapa do campeonato acontecem neste sábado, pela manhã com as disputas da Rotax Junior Max, e no fim da tarde com 1h20 de prova na Pro500, na qual ela vai competir sozinha.

Antonella é a atual vice-campeã da Copa São Paulo KGV na categoria Rotax Junior Max.

Antonella Bassani:

“Estou muito feliz com a volta das corridas, mesmo neste momento difícil que o mundo enfrenta. Essa retomada está acontecendo com o máximo de proteção possível para todos os envolvidos. Para nós pilotos, é algo importante, e no meu caso específico, vai me ajudar a intensificar a preparação para os desafios da Seletiva do FIA Girls on Track.

Tive um bom início nas duas primeiras etapas do campeonato, antes da pandemia, com um 2º e um 3º lugar, então a expectativa é boa. Além disso, será legal também participar da corrida da Pro500, que é mais longa, e exige de uma forma diferente dos pilotos”.

 

Texto: Mariana Viegas/Divulgação

Fotos: Divulgação

Copyright© 2007-2020 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: