Bruno Baptista tem problemas com o carro

23 de agosto de 2020

O sonho de vencer a Corrida do Milhão Solidário do Campeonato Brasileiro de Stock Car praticamente acabou para o jovem Bruno Baptista logo na primeira tomada de tempo oficial desse domingo (23), às 8 horas, no Autódromo de Interlagos, onde finalizou em 17º lugar da classificação de largada.

Além de sair muito atrás, desta vez, o piloto de 23 anos acabou não tendo um carro tão equilibrado na pista e não pôde repetir as atuações do primeiro dia de treinos extraoficiais, de sexta-feira, quando foi o segundo mais rápido da pista molhada com chuva. E também da própria corrida de ontem (sábado), em que largou em 12º do grid, chegou a ficar em 5º e terminou em 10º lugar após levar uma batida na traseira de seu carro nas últimas voltas.

“Hoje foi daqueles dias que nada dá certo. No primeiro treino oficial, eu vinha fazendo a minha última volta com um tempo que me garantiria ficar na última tomada e dei uma leve escapada na pista. Já na corrida, logo no início, senti que o meu carro estava saindo muito de frente. Tentei melhorar seu equilíbrio trocando a roda dianteira direita, na parada obrigatória de box e também não resolveu quase nada”, disse Bruno Baptista, piloto da equipe Toyota RCM Racing, que tem os apoios das empresas Webmotors, HERO, Pro Automotive, Loctite e NGK do Brasil.

Mesmo com os problemas, Bruno Baptista terminou a corrida em 12º lugar na bandeirada, mas ganhou o 11º lugar de Marcos Gomes, que foi penalizado em 10 segundos pela direção da prova. A vitória da tradicional Corrida do Milhão, em Interlagos, foi do paranaense Ricardo Zonta, também do Racing Team Toyota, que passou a ser o líder isolado do Campeonato Brasileiro de Stock Car. Foi a segunda vitória do ex-piloto de F1 na principal corrida da categoria, já que Zonta havia vencido a prova de 2013.

Texto: Charles Marzanasco Filho.
Fotos: Carsten Horst.

Copyright© 2007-2020 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: