Caio Collet intensifica treino físico e mental para provas da F-Renault Eurocup

25 de agosto de 2020

Após uma longa espera em virtude da pandemia mundial, causada pelo coronavírus, a Fórmula Renault Eurocup voltou às pistas em julho e iniciou a disputa da temporada 2020 com a realização de duas das 10 etapas em rodada dupla, ambas na Itália.E o começo foi muito promissor para o brasileiro Caio Collet, de 18 anos, que já subiu três vezes ao pódio, sendo uma vitória e está na liderança do campeonato.

Como já estava previsto, em agosto, a categoria fez uma pausa, mas retorna no início de setembro para uma verdadeira “maratona”. Serão 8 etapas, 16 provas em três meses de disputa, passando por seis países e oito pistas diferentes.

A primeira delas acontecerá nos dias 4, 5 e 6 de setembro, em Nurburgring, na Alemanha. Depois, pilotos e equipes correrão em Magny-Cours (Fra), Zandvoort (Hol), Barcelona (Esp), Spa-Francorchamps (Bel), Hockenheim (Ale) e Paul Ricard (Fra), até chegar em Abu Dhabi, no Emirados Árabes, para a etapa final em novembro.

Integrante do Renault Sport Academy, Collet tem aproveitado este intervalo para intensificar os treinamentos e estar bem preparado para as corridas, compromissos e viagens.

No início do mês, o piloto participou de atividades na sede da equipe Renault de F-1, em Enstone, na Inglaterra. Collet pode vivenciar a rotina de alguns departamentos da fábrica e todo o trabalho na construção e evolução de um carro de F-1. Também assistiu no local, ao lado de outros pilotos do programa júnior team, as corridas de F-1 que foram disputadas no período.

Há uma semana, o brasileiro viajou para Viareggio, na Itália, onde tem participado de sessões de testes físicos e mentais na Fórmula Medicine, que trabalha há 30 anos com pilotos das principais categorias do automobilismo mundial, realizando em paralelo importantes estudos científicos, que deram origem a um programa inovador, focado nas necessidades de cada esportista. Com uma equipe formada por médicos, psicólogos, fisioterapeutas, preparadores físicos, nutricionistas, entre outros, fornece suporte completo para pilotos e equipes.

“Além da parte física, eles têm um trabalho mental muito forte, que é importante e ajuda muito em termos de performance e em momentos decisivos na pista”, comentou.

“Minha rotina tem sido bem intensa, com 2 horas e meia de treinos pela manhã e mais 2 horas e meia à tarde, intercalando treinos físico e mental”, explicou Collet, que em 2019 foi campeão entre os estreantes da F-Renault Eurocup.

“Vamos retomar o campeonato no início de setembro e seguimos até novembro, quase sem pausas. Vai ser corrida atrás de corrida, viajando o tempo todo. Então, é muito importante saber lidar com tudo isso e estar focado e bem preparado”, completou o brasileiro.

Collet defende a equipe R-ace GP pelo segundo ano na Fórmula Renault Eurocup. O brasileiro tem 68 pontos no campeonato 2020, 14 de vantagem em relação ao vice-líder Franco Colapinto e 18 à frente do espanhol David Vidales, terceiro colocado. A categoria tem reunido 20 pilotos no grid, mantendo sua tradicional competitividade.

 

Texto: Fernanda Gonçalves/Divulgação

Fotos: Renault Sport DPPI/Divulgação

Copyright© 2007-2020 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: