Temporada cearense inicia na Paraíba com boas disputas

14 de setembro de 2020

A abertura da temporada 2020 do Campeonato Cearense de Automobilismo, englobando as disputas entre os carros da Esporte Protótipo, Superturismo e Marcas foi realizada no dia 13 de setembro no Autódromo da Paraíba, localizado na cidade de São Miguel do Taipu, a 35 quilômetros da capital João Pessoa.

As duas etapas do dia também foram válidas para os campeonatos da Paraíba, de Pernambuco e o Campeonato Nordestino.

Com vários pilotos de outros estados na pista paraibana, os inscritos na competição cearense sabiam que era preciso colocar mais força no pedal da direita para conseguir um bom resultado.

Na categoria Protótipo o destaque ficou para Alexandre Romcy com seu belo protótipo APW ele foi o mais rápido na sua categoria (EP1) e venceu as duas corridas tendo sempre na segunda colocação o Spirit de Tarquilio Pimenttel, campeão de 2019.

Alexandre Romcy

Alexandre, além de ter conquistado a pole nas duas etapas, também fez a melhor volta nas duas corridas e estabeleceu o melhor tempo da EP1 em 1mi26,940s.

Na Superturismo quem deu as cartas foi Alessandro Sá. Na primeira corrida do dia, largando da pole position, o piloto do ST número um caiu para a terceira posição e buscou andar forte para conseguir recuperar o P1.

A missão era difícil, mas era meta de Alessandro que, em todas as 13 voltas apertou o ritmo e cravou a melhor volta de sua categoria em 1min29,390 a uma média de 118,34 Km.

Andando mais rápido que o segundo colocado, o piloto Mauro Reis (1min30,070s) Alessandro Sá conquistou a vitória na Superturismo, seguido por Mauro e Eduardo Bacarin, em terceiro.

Na segunda corrida do dia nova melhor volta (1min29,330s) e nova vitória, o que o colocou na primeira colocação da classificação-geral da competição cearense.

No Cearense de Marcas o grande vencedor da categoria A foi 0 pernambucano Alexandre Malta. Ele largou para a primeira corrida da rodada dupla disposto a terminar, no mínimo, no pódio e cumpriu o prometido. Andando forte, Alexandre Malta superou Thiago Melo, que faz dupla com o paranaense Leandro Totti que abrilhantava a disputa do Campeonato Nordestino de Marcas, mas não competia no Cearense.

Mesmo sabendo que não precisava superar Thiago, Malta superou o oponente cruzando a linha de chegada em primeiro lugar, deixando-o com a segunda colocação a 0,489s de diferença. Em terceiro ficou o cearense Edson Pinheiro Jr.

Na segunda corrida Malta cruzou a linha de chegada atrás de Totti, mas em P1 no Cearense de Marcas.

A próxima etapa da competição ainda não tem data marcada para sua realização.

Entre os pilotos da categoria B dois pilotos se revezaram no primeiro lugar. Lutianne Soares, que fazia sua estreia no Cearense de Marcas com seu HB20 número 99 queria levar para casa um resultado positivo, mas não esperava que teria de se empenhar por conta de um forte concorrente.

Thiago Teixeira tinha os mesmos planos de Lutianne e os dois não poderiam esperar que um fosse ceder espaço para o outro e assim buscaram o melhor.

Em meio às disputas com pilotos da categoria A, os dois conquistaram resultados semelhantes. Thiago venceu a primeira corrida e ficou em segundo na etapa complementar, Lutianne foi segundo na corrida inicial e venceu a segunda corrida do dia, ficando, por critérios de desempate, com a liderança na categoria B.

O representante da Federação Cearense de Automobilismo (FCA), Zenaldo Queiróz, foi o diretor de prova que, no Marcas, tiveram 34 carros alinhados no Grid.

Zenaldo avaliou como positiva a realização da primeira etapa do Cearense de Automobilismo junto com outras competições nordestinas. Para ele é preciso união entre os estados a fim de deixar o esporte mais forte na região e assim ter maior influência para negociar patrocínios, por exemplo.

“Em primeiro lugar gostaria de agradecer e enaltecer a coragem e a paixão do Sr. Fernando em construir um Autódromo na Paraíba. A gente vê todo o esforço e a dedicação dele. Cada vez que a gente vai lá tem uma coisa nova. Com relação a prova, de um modo geral, foi uma prova com todos os ingredientes de competição que o automobilismo pode proporcionar em todos os sentidos, com desafios da largada à bandeirada final. No total tínhamos naquele dia aproximadamente 70 carros no total divididos em várias categorias, dentre elas uma categoria escola, a Palio CUP, e isso é importante ver pilotos novos chegando para abrilhantar e manter o nosso automobilismo. Foi muito bom ver a união de todos em tordo de um propósito, que é engrandecer o automobilismo do Nordeste. Eu acredito que esse é um novo caminho que com certeza vamos ter um fortalecimento maior de todas as categorias, pilotos, preparadores todo mundo envolvido. É preciso enxergar isso como uma forma de oportunidade como uma forma de valorização dos profissionais da nossa região, pois uma competição forte todos crescem”, afirmou.

Confira os pilotos que alcançaram o pódio em cada categoria na primeira corrida:

EP1
01 – Alexandre Romcy
02 – Tarquilio Pimenttel
03 – Russo

Superturismo
01 Alessandro Sá
02 Mauro Reis
03 Eduardo Bacarin

Marcas A
01 Alexandre Malta
02 Édson Pinheiro
03 Édson Viana

Marcas B
01  Thiago Teixeira
02  Lutianne Soares
03  Gerardo Cristino

Confira os pilotos que alcançaram o pódio em cada categoria na segunda corrida:

EP1
01 – Alexandre Romcy
02 – Tarquilio Pimenttel
03 – Beto Pontes

Superturismo
01 Alessandro Sá
02 Mauro Reis
03 Felipe Pedrosa

Marcas A
01 Alexandre Malta
02 Pablo Alves
03 Édson Viana

Marcas B
01  Lutianne Soares
02  Thiago Teixeira
03  Gerardo Cristino

Texto e Fotos: Robério Lessa

Copyright© 2007-2020 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: