Bruno Baptista espera corridas decisivas em Cascavel

29 de setembro de 2020

Para o jovem piloto Bruno Baptista, este final de semana de disputa do Brasileiro de Stock Car, em Cascavel, no Paraná, vai ser mais importante do que até a última corrida do ano, em Interlagos, com pontos dobrados. Principalmente para os pilotos que, como ele, ocupam atualmente posições intermediárias na classificação do campeonato.

“Como agora teremos a 5ª etapa, com uma prova no sábado e a 6ª no domingo, com duas corridas, o Autódromo de Cascavel, num único final de semana, terá 84 pontos em jogo para os pilotos. Não tenho certeza, mas acredito que esta deve ser a primeira vez, nos 40 anos de história da categoria, que numa única pista, os pilotos têm uma chance tão grande de melhorar de posição no campeonato”, explica Bruno Baptista.

Com 59 pontos acumulados em seis corridas, Bruno, de apenas 23 anos, ocupa atualmente o 11º lugar dessa temporada de Stock, que tem na liderança o ex-piloto de Fórmula 1, Rubens Barrichello, de 48 anos, com 105 pontos, seguido por outro experiente de F-1, Ricardo Zonta, de 40 anos, com 100 pontos.

O jovem piloto, apesar de saber que as chances de conquistar pontos são iguais para todos, acredita que pode haver muitas alterações de classificação entre os pilotos que ocupam as primeiras posições do campeonato.

“Três corridas, numa mesma pista e num mesmo período, irá oferecer uma chance maior para os pilotos que conseguirem um um bom acerto do carro no primeiro treino classificatório da corrida de sábado. Provavelmente devem levar vantagem também na classificação da primeira corrida do domingo e só irão ter um pouco mais de dificuldades na terceira e última prova, com a inversão de posicionamento entre os 10 primeiros da 1ª corrida do domingo”, afirma Bruno.

Assim, para quem tiver competência e sorte de dar tudo certo, Bruno acredita que pode sair, de Cascavel, como novo líder do campeonato.

“O mesmo piloto vencer as três provas seguidas, acho que é quase impossível. Porém, ficar próximo ou até marcar um pouco mais de 60 pontos, penso que é provável para uns três pilotos, pelo menos. Numa recente situação semelhante, em São Paulo, na segunda e terceira etapas, com duas corridas e 60 pontos em jogo, o Ricardo Zonta e o Cesar Ramos somaram, cada um, exatamente 52 pontos a mais no campeonato”, recorda Bruno Baptista, piloto da equipe Toyota RCM Racing, que tem os apoios das empresas Webmotors, HERO, Pro Automotive, Loctite e NGK do Brasil.

As três corridas de Stock Car, em Cascavel, serão transmitidas, ao vivo, pelo SportTV2, como também os dois treinos oficiais de classificação. No sábado, a 5ª etapa, começa com quatro treinos extra-oficiais, de 30 minutos cada, para os dois grupos de pilotos que entram separados na pista, entre 8h30 e 11h50. O Qualifying, de 32 minutos, está previsto para as 13h20 e a corrida, de 40 minutos e mais 1 volta, acontecerá às 16 horas.

No domingo, a 6ª etapa começa com o Qualifyng de 32 minutos, às 9 horas da manhã e a largada da 1ª corrida, de 30 minutos mais 1 volta, está prevista às 11h10. A 2ª prova deve começar às 12h05 e também terá duração de 30 minutos mais 1 volta.

Classificação do Campeonato após quatro etapas:
1 – Rubens Barrichello, 105 pontos
2 – Ricardo Zonta, 100
3 – Ricardo Maurício , 99
4 – Cesar Ramos, 97
5 – Nelson Piquet Jr, 83
6 – Thiago Camilo, 78
7 – Átila Abreu, 75
8 – Rafael Suzuki, 72
9 – Allam Khodair, 68
10 – Gabriel Casagrande, 60
11 – Bruno Baptista, 59
12 – Daniel Serra, 58
13 – Cacá Bueno, 58
14 – Denis Navarro, 44
15 – Julio Campos, 44
16 – Diego Nunes, 36
17 – Gaetano Di Mauro, 33
18 – Guilherme Salas, 32
19 – Galid Osman, 32
20 – Lucas Foresti, 32
21 – Matias Rossi, 28
22 – Pedro Cardoso, 25
23 – Tuca Antoniazi, 14
24 – Vitor Genz, 11
25 – Marcos Gomes, 9
26 – Vitor Baptista, 8

 

Texto: Charles Marzanasco Filho/Divulgação

Fotos: Rafael Gagliano/Divulgação

Copyright© 2007-2020 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: