KTF Sports soma mais 25 pontos na Stock Car

5 de outubro de 2020

Terminou neste domingo (4) o quarto evento da temporada 2020 da Stock Car. Os pilotos e equipes da principal categoria do automobilismo brasileiro desembarcaram em Cascavel, no oeste do Paraná, para as disputas válidas pela quinta e sexta etapas do Campeonato anual. Competindo pela equipe KTF Sports o piloto Guilherme Salas teve um fim de semana positivo, conseguiu evoluir os acertos de seu Chevrolet Cruze e, ao fim das três corridas, somou mais 25 pontos para o campeonato.

De forma inovadora esta rodada da Stock Car foi completamente realizada no sábado e domingo o que, de forma inicial, já se mostrou como um grande desafio para as equipes. Muito bem estruturada a KTF Sports mais uma vez levou seus principais profissionais para o autódromo que, com toda sua experiência, prepararam o carro #85 com todo o cuidado para que Salas pudesse acelerar.

Na primeira sessão de treinos livres o piloto de Jundiaí começou bem o trabalho de ajuste do carro e, com a marca de 1m04s829 ficou com o oitavo lugar. Na segunda sessão, realizada exatamente uma hora depois, Guilherme teve um problema mecânico em seu carro e deu apenas 3 voltas. Assim, meio às cegas, o piloto seguiu para a tomada de tempos. Muito concentrado o campeão da Stock Light de 2019 extraiu o máximo que pôde de seu carro, mas, registrou apenas o 16º tempo ficando, assim, de fora da segunda parte do treino classificatório.

A primeira corrida foi disputada no fim da tarde de sábado. Após boa largada Salas ganhou duas posições e seguiu em busca de recuperação. Ainda na primeira volta, após a batida de dois concorrentes à sua frente, Salas subiu mais dois postos. Com bom ritmo o piloto seguiu na pista e ao final da terceira volta já cruzava a reta dos boxes no sétimo lugar. Acontece, porém, que o tal acidente à sua frente gerou a quebra de alguma peça nos carros que encharcou o para-brisas de Guilherme de óleo. Assim, o piloto não conseguia enxergar direito dentro de seu carro tornando-se inviável manter o mesmo ritmo de seus adversários. Salas ficou na pista até a abertura da janela de pit-stops e a equipe fez o possível para melhorar um pouco a visibilidade do carro. Com muita determinação Gui voltou para a pista e conseguiu completar as 34 voltas da corrida em 14º.

Seguindo a programação do fim de semana as atividades de domingo foram abertas já com a tomada de tempos. Guilherme, animado com o desempenho que o carro apresentou no sábado, seguiu confiante para a classificação e, com o tempo de 1m04s735 foi o sexto colocado no Q1 ficando a apenas um décimo do melhor tempo. Na segunda parte do treino, porém, Salas não conseguiu encaixar uma volta perfeita e perdeu um pouco de tempo ao ultrapassar um concorrente em sua melhor volta. Mesmo assim ele estabeleceu um tempo apenas um décimo mais lento que na primeira parte ficando, deste modo, com o 12º lugar.

A primeira corrida teve sua largada as 11:15 da manhã e, novamente, Salas largou bem. O piloto foi ganhando posições e chegou a ocupar o 7º posto antes de fazer o seu pit-stop, na volta 12. No retorno à pista Salas se reposicionou na nona posição, suportou os fortes ataques do atual campeão Daniel Serra e cruzou a linha de chegada em nono.

Pela posição de chagada na primeira corrida Guilherme alinhou seu carro na primeira fila do grid para a segunda prova. O piloto largou muito bem e conseguiu se defender na curva do Bacião mantendo-se em segundo. Com bom ritmo ele pressionava Daniel Serra, que vinha em primeiro, mas, sofria grande pressão de Dennis Navarro, o terceiro. Assim que o acionamento do push-to-pass foi autorizado, ao fim da terceira volta, Navarro superou Salas que, com isso, caiu para o terceiro lugar. O piloto do carro #85 se manteve muito bem na pista até que, assim que foi aberta a janela de pit-stops na nona volta ele foi o primeiro carro a entrar nos boxes. Na parada em que precisou colocar muito combustível e trocar dois pneus o piloto perdeu várias posições no pit e, com isso, voltou para a pista apenas em 20º.  A esta altura faltava cerca de 15 minutos para o fim da prova. Guilherme fez o que pôde, recuperou ainda cinco posições, e cruzou a linha de chegada em 15º.

A quinta rodada da Stock Car já está confirmada. As provas serão disputadas daqui duas semanas, entre os dias 16 e 18 de outubro, no belíssimo autódromo Velocittà, em Mogi Guaçu, interior de São Paulo.

 

Texto: Assessoria de Comunicação da KTF Sports/Quick Comunicação e Marketing/Divulgação

Fotos: Rodrigo Guimarães/Divulgação

Copyright© 2007-2020 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: