Pedro Cardoso tem problemas no Velocitta

18 de outubro de 2020

O início da segunda metade da temporada da Stock Car para o piloto Pedro Cardoso ficou marcado pelo ‘apagão’ no seu Chevrolet Cruze no início da segunda corrida no Velocitta, em Mogi Guaçu (SP). Piloto mais jovem do atual grid da categoria, com 21 anos, Cardoso marcou o 19º tempo na classificação e largou da nona fila para a primeira corrida da sétima etapa.

A estratégia sempre esteve voltada para um melhor resultado na segunda corrida do fim de semana e tudo estava dando certo, colocando pneus novos e abastecendo no pit stop obrigatório, finalizando a corrida em 16º. Partindo da oitava fila para a segunda prova, Pedro tinha bom ritmo até o carro apagar no segundo giro. A primeira corrida teve a vitória de Julio Campos e a segunda foi vencida por Diego Nunes.

“Na primeira corrida eu tive um problema no pit-stop, mas que não influenciou diretamente na nossa estratégia, que estava focada na segunda prova. Para a segunda estava tudo dando certo, estava com ritmo bom, quatro pneus novos e veio algum problema elétrico, o carro simplesmente apagou”, resumiu o piloto do carro #43 que largou para a primeira prova na 19ª colocação.

“Foi uma pena porque no momento da falha eu estava brigando com o Bruno (Baptista) e com o Rubinho (Barrichello) e poderia ter vindo até um top-5, mas vamos seguir trabalhando. Essas coisas acontecem”, completou o piloto que carrega o patrocínio do Banco BRB na temporada 2020.

Agora a Stock Car faz uma pausa de dois finais de semana até voltar a acelerar em Curitiba (PR), nos dias 7 e 8 de novembro com duas etapas previstas.

Foto: Hyset/Divulgação.
Texto: Caio Scafuro/Divulgação.

Copyright© 2007-2020 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: