Zonta mantém vice-liderança da Stock Car

19 de outubro de 2020

O paranaense Ricardo Zonta manteve a vice-liderança na classificação geral da Stock Car com um quarto lugar na segunda prova da rodada do Velocitta. Já Átila Abreu continuou entre os dez primeiros na tabela, com um top10 na segunda corrida. Já a Shell teve 100% de aproveitamento no Fan Push, com seus quatro representantes ganhando o um disparo adicional do botão de ultrapassagem, após votação na internet.

Na primeira corrida, Zonta e Átila tiveram uma largada cautelosa e caíram de nono para décimo e de 11º para 13º, enquanto Galid Osman passou em 19º no fim da primeira volta, e Gaetano di Mauro largou dos boxes. Na quarta volta, Abreu tentou passar Denis Navarro, mas foi fechado, e houve o contato entre os carros; na sequência, o sorocabano foi acertado pelo adversário, rodou e caiu para 20º, à frente de Galid. Navarro foi punido com uma passagem pelos boxes após batida em Átila.

Enquanto isso, Zonta ganhou duas posições antes da abertura da janela de pit stops, uma delas com uma bela ultrapassagem sobre Rubens Barrichello, dando um “X” na saída da primeira curva. Pensando na segunda corrida e com problema nos freios, Gaetano recolheu o carro aos boxes no momento dos pit stops, e, faltando 11 minutos para o fim, Átila também voltou para os pits pensando na corrida seguinte.

Zonta estendeu ao máximo a permanência na pista antes do pit stop e chegou a andar em terceiro, mas, depois da entrada nos boxes, caiu para 12º, posição na qual permaneceu até a bandeirada. Galid cruzou a linha de chegada em 19º, com Átila em 22º e Gaetano em 24º – estes dois abasteceram o carro pensando na corrida 2.

A largada da corrida 2 foi boa para os pilotos da Shell, com Zonta pulando de 12º para décimo, e Galid subindo para 16º, com Átila e Gaetano em 20º e 21º. Ricardo seguiu no ataque e ganhou mais uma posição na volta 4, enquanto Abreu escalou quatro posições nos primeiros minutos de corrida.

Zonta continuou ganhando posições antes da janela de pit stops e já era o sétimo com dez minutos de corrida. Faltando 15 minutos, o paranaense entrou nos boxes para a parada obrigatória, assim como Átila. Na volta, o parananese subiu para quarto, enquanto o sorocabano também ganhou posições, para 12º.

Nos minutos finais, o competidor do carro #10 permaneceu na quarta posição, e Átila continuou ganhando terreno para cruzar a linha de chegada em nono, com uma ultrapassagem na última volta utilizando o Fan Push. Galid ainda marcou pontos em 12º lugar, e Gaetano abandonou a prova depois de falha nos freios.

Foto: Luís Ferrari/Divulgação.
Texto: José Mario Dias/Divulgação.

Copyright© 2007-2020 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: