Edson Pinheiro Jr. encerra o ano com pódio

7 de dezembro de 2020

O fim de semana do piloto Edson Pinheiro Jr., o “Júnior Barruada” pode ser resumido em três palavras: pódio, disputa e garra.

Desde os treinos livres de sexta-feira (04), o Gol número 99 figurava na relação dos mais rápidos e, no sábado (05), primeiro dia de corridas válidas pelo Campeonato Cearense de Marcas lá estava Edson Jr. acelerando forte para conseguir superar seus oponentes e buscar um lugar no pódio.

No entanto, após ter sofrido um toque em seu Gol, teve de abandonar a primeira corrida (terceira etapa da competição), mas ainda havia uma nova chance para ele quando da segunda corrida (quarta etapa) e desta vez ele conseguiu sair da última colocação (23ª posição) e cruzar a linha de chegada em quarto.

Em seu primeiro ano de disputa na categoria A do Cearense de Marcas, após ter sido campeão, em 2019, da categoria B, “Barruada” sabia que não seria fácil sua vida na nova categoria repleta de “feras”.

Mais animado, no domingo (06), logo na primeira corrida (quinta etapa do Cearense de Marcas) sofreu com um toque na traseira de seu carro, o que abriu a tampa do porta-malas gerando um arrasto maior e dificultando sua tocada, mas ao passar pela reta dos boxes, a tampa fechou e ele pode seguir perseguindo seu objetivo: o pódio.
Tendo que ultrapassar e evitar ser ultrapassado, Edson cruzou a linha de chegada em terceiro, o que lhe daria ainda mais ânimo para a quarta e última prova (sexta etapa) do fim de semana.

Com um início tumultuado devido a um acidente na primeira curva do circuito (Curva do Desespero), Edson manteve-se no pelotão da frente e acabou se envolvendo em um toque com seu irmão mais velho, Eduardo Pinheiro, que acabou sendo desclassificado. Mesmo perdendo posições ele correu atrás de reaver seu lugar no pódio e cruzou a linha de chegada na terceira posição.

“Foi um fim de semana bastante movimentado e cheio de disputas acirradas. Infelizmente fomos para fora da pista na primeira corrida o que me deixou chateado, mas sabia que não poderia baixar a cabeça já que ainda teria mais três corridas. Após ter chegado em quarto fiquei animado para o domingo e aí, mesmo sofrendo vários toques, um deles do meu irmão, consegui chegar nas duas últimas corridas do ano em terceiro, levando assim mais dois troféus para casa. Agora é revisar o carro e deixa-lo pronto para a temporada de 2021”, disse.

As provas do Cearense de Marcas foram realizadas no Autódromo Internacional Virgílio Távora, localizado no Eusébio – Região Metropolitana de Fortaleza.

Texto: Robério Lessa.
Fotos: Robério Lessa e Roan Trajano – Equipe @carrosecorridas

Copyright© 2007-2020 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: