Felipe Drugovich marca terceiro melhor tempo na classificação para corrida de domingo

26 de março de 2021

O brasileiro Felipe Drugovich iniciou sua segunda temporada na Fórmula 2 de uma maneira bastante positiva nesta sexta-feira (26) no Bahrein. Estreando na equipe vice-campeã do ano passado, a inglesa UNI-Virtuosi, Felipe foi o terceiro colocado na tomada de tempos, atividade que mostrou enorme equilíbrio entre os competidores, quando os 16 primeiros colocados ficaram dentro do mesmo segundo.

Na primeira atividade da rodada tripla que abre a temporada da última categoria antes da Fórmula 1, Felipe Drugovich se destacou ao liderar o único treino do dia. O piloto de Maringá (PR), vencedor de três provas em sua temporada de estreia na Fórmula 2 em 2020, marcou 1:45.340 e foi 141 milésimos de segundo mais rápido que o britânico Dan Ticktum, o segundo colocado.

No final da manhã desta sexta-feira (pelo horário brasileiro) os pilotos foram à pista para a tomada de tempos, quando Felipe Drugovich liderou por grande parte do tempo. Após a tradicional parada para que as equipes colocassem um novo jogo de pneus – e uma paralisação com bandeira vermelha por conta de um carro parado na pista –, o dinamarquês Christian Lundgaard voltou mais rápido e marcou a pole position provisória.

Com o restante do tempo – menos de seis minutos – permitindo apenas uma volta rápida, o chinês Guanyu Zhou superou Lundgaard por apenas 3 milésimos de segundo, enquanto Felipe Drugovich melhorava seu tempo, mas terminava a tomada de tempos com a terceira posição.

Obedecendo o regulamento da Fórmula 2, que determina a inversão de posição entre os 10 primeiros na tomada de tempos, o piloto brasileiro largará em 8º na primeira prova da etapa, marcada para este sábado, às 7h25 da manhã pelo horário de Brasília. O sábado terá ainda uma segunda prova, às 13h40, e a rodada será completada com uma corrida no domingo, mais longa e mais valiosa em termos de pontuação, às 7h50, quando Felipe Drugovich largará em 3º.

“O dia foi bom. Começamos com o primeiro tempo no treino, com pneus duros”, lembra Felipe Drugovich, 20 anos. “Iniciei bem a classificação, agora com pneus macios, minha primeira volta já foi muito rápida e assumi a primeira posição. Depois, com o segundo jogo de pneus, a bandeira vermelha até me ajudou em seu aquecimento, mas dessa vez o balanço do carro estava um pouco ruim e eu não consegui extrair tudo que seria possível desse segundo jogo de pneus. De qualquer forma foi muito bom esse terceiro lugar e amanhã, por conta do grid invertido, largo em 8º”, finalizou o piloto.

Felipe Drugovich tem o apoio de Drugovich Auto Peças, que atua no ramo de peças para caminhões e ônibus; da Jaloto & Drugovich, destaque nacional no segmento de transporte de cargas paletizadas; e da Stilo, fabricante italiana de capacetes.

As três provas da rodada de abertura da Fórmula 2 serão transmitidas ao vivo pelo canal Bandsports para todo o Brasil, sendo que a segunda corrida deste sábado terá transmissão também pela Band TV.

Confira a programação da 1ª etapa da Fórmula 2 (horários de Brasília):
Sábado (27/3)
Sprint Race 1 – 7h25 – 23 voltas – Bandsports
Sprint Race 2 – 13h40 – 23 voltas – Bandsports e Band TV

Domingo (28/3)
Feature Race – 7h50 – 32 voltas – Bandsports

O resultado da tomada de tempos:
1 Guanyu Zhou (CHI) – UNI-Virtuosi – 1:42.848
2 Christian Lundgaard (DIN) – ART Grand Prix – 1:42.851
3 Felipe Drugovich (BRA) – UNI-Virtuosi – 1:43.211
4 Dan Ticktum (GBR) – Carlin – 1:43.338
5 Juri Vips (EST) – Hitech Grand Prix – 1:43.441
6 Richard Verschoor (HOL) – MP Motorsport – 1:43.443
7 Jehan Daruvala (IND) – Carlin – 1:43.475
8 Oscar Piastri (AUS) – Prema Racing – 1:43.478
9 Liam Lawson (NZL) – Hitech Grand Prix – 1:43.519
10 David Beckmann (ALE) – Charouz Racing System – 1:43.559
11 Theo Pourchaire (FRA) – ART Grand Prix – 1:43.585
12 Robert Shwartzmann (RUS) – Prema Racing – 1:43.694
13 Ralph Boschung (SUI) – Campos Racing – 1:43.704
14 Marcus Armstrong (NZL) – DAMS – 1:43.729
15 Roy Nissany (ISR) – DAMS – 1:43.768
16 Bent Viscaal (HOL) – Trident – 1:43.839
17 Lirim Zendeli (ALE) – MP Motorsport – 1:43.955
18 Guilherme Samaia (BRA) – Charouz Racing System – 1:44.227
19 Marino Sato (JAP) – Trident – 1:44.654
20 Matteo Nannini (ITA) – HWA Racelab – 1:44.825
21 Gianluca Petecof (BRA) – Campos Racing – 1:45.053
22 Alessio Deledda (ITA) – HWA Racelab – 1:46.712

Texto: Erno Drehmer/Divulgação.
Fotos: Dutch Photo Agency/Divulgação.

Copyright© 2007-2021 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: