CBA apresenta protocolo contra Covid-19 no automobilismo brasileiro para temporada 2021

14 de abril de 2021

A Confederação Brasileira de Automobilismo, por intermédio da Comissão Nacional de Medicina Desportiva, lançou a segunda edição do Plano Estratégico de Retorno às Atividades Automobilísticas no Brasil. O protocolo do automobilismo visa permitir que as provas dos diversos campeonatos de 2021, quando liberadas por autoridades governamentais e sanitárias, possam ocorrer sob os mais rígido métodos de proteção.

Coordenado pelo então presidente da comissão, Dr. Dino Altmann, o estudo tem a presente atualização orientada pelo Dr. Pedro J. Rosolen Jr., profissional com vasta experiência nas equipes médicas da Fórmula 1 e WEC. Rosolen assumiu o cargo na CBA por indicação de Altmann, que precisou deixá-lo para ocupar a presidência da Comissão Médica da FIA.

O documento aborda diversos temas sobre a pandemia, com destaque para o detalhamento da doença Covid-19, formas de transmissão, sintomas, medidas de controle, monitoramento das condições de saúde, distanciamento social, higiene pessoal e de ambientes, equipamentos de proteção, entre outros.

De acordo com o Plano, “a CBA e toda a comunidade do automobilismo estão unidas para a retomada das atividades, adotando todas as medidas para a prevenção, cabendo a cada indivíduo apoiar e dar continuidade a essas ações com a mesma intensidade, para que juntos esse objetivo seja alcançado em sua plenitude“.

O documento conclama: “Somos Competidores, mas, nesta corrida, devemos ser uma EQUIPE ÚNICA – Entidade Desportiva, Organizadores, Promotores, Pilotos, Mecânicos, Chefes de Equipe, Oficiais de Competição – respeitando todas as recomendações, para que todos saiamos VENCEDORES“.

 

Texto: Divulgação

Fotos: Divulgação

Copyright© 2007-2021 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: