FASP posterga abertura do Campeonato Paulista

14 de abril de 2021

A Federação de Automobilismo de São Paulo (FASP) anunciou hoje a postergação da etapa de abertura do Campeonato Paulista de Automobilismo, etapa que estava prevista para acontecer no fim de semana de 18 de abril. De acordo com José Aloizio Cardozo Bastos, presidente da entidade, a demora para se obter uma solução que permitisse realizar o calendário é o principal motivo da decisão:

“Discutimos com as autoridades competentes várias propostas para viabilizar a realização das provas, mas chegamos a um ponto que isso se tornou inviável: entre outras coisas, a partir de hoje as equipes não teriam tempo suficiente para competir com a preparação e segurança adequadas.”

O presidente da FASP levantou ainda que o atual estágio da pandemia do Coronavírus impõe o acompanhamento dedicado sobre a evolução desse quadro. A execução desse trabalho ditará o momento de anunciar as alterações que serão feitas para reorganizar o calendário paulista:

“Há um consenso dentro dos participantes do Campeonato Paulista de Automobilismo, o mais longevo torneio regional do País, de que é necessário voltar às atividades de pista desde que a segurança e o bem estar de todos esteja garantido. Diante dos fatos que tomamos conhecimentos diariamente acredito que esse momento ainda não chegou. No momento adequado anunciaremos o calendário reformulado para o ano de 2021.”

O adiamento de competições afeta campeonatos em todo o País e no Exterior, lembra Cardozo Bastos. Nos últimos dias várias categorias com etapas programadas para o mês de abril em autódromos espalhados pelo Brasil também adiaram seus eventos programados para o mês de abril, o que consolida como correta a postura e atitude dos automobilistas paulistas. De acordo com Cláudio Wilson Vieira, presidente do Interlagos Motor Clube, é necessário pensar a médio e longo prazo e considerar o estresse que afeta os profissionais de saúde:

“Não é segredo para ninguém que toda a infraestrutura hospitalar está sobrecarregada e os profissionais de saúde estão próximos da exaustão após tanto tempo atendendo a tantas internações e deixando de lado suas próprias famílias. Ao seguir os protocolos de saúde aprovados por autoridades sanitárias e governamentais estamos colaborando para que médicos, enfermeiros e todos os que trabalham nessa área possam voltar ao seu ritmo normal de trabalho. Quando isso acontecer estaremos a um passo de recuperar nossa nova normalidade.”

 

Texto: Beepress/Divulgação

Foto: FASP/Edmar Salgueiro Jr/Divulgação

Copyright© 2007-2021 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: