Thiago Camilo e Cesar Ramos apostam no potencial da equipe e no entrosamento entre os dois

21 de abril de 2021

Em 2020, com os novos carros e sem testes suficientes em função da pandemia da Covid-19, a Stock Car começou a temporada em Goiânia no dia 26 de julho. Não foi a estreia dos sonhos para a Ipiranga Racing, com Thiago Camilo e Cesar Ramos largando respectivamente em 13º e 11º lugares, mas os dois pilotos chegaram nas duas corridas entre os top 8 e essa consistência fez a equipe voltar a Petrópolis em segundo lugar no campeonato. Dali em diante foram seis de doze pole positions disputadas e três vitórias.

Esse ano a Stock Car volta a estrear em Goiânia, no próximo domingo (25), e a Ipiranga Racing chega muito mais preparada, entrosada e otimista.

“Acompanhei o trabalho que a equipe fez na pré-temporada e chego a Goiânia muito confiante de que teremos um ano ainda melhor que 2020. Na primeira corrida do ano passado a gente começou sem o melhor entendimento do carro, principalmente na classificação. Nas corridas já consegui encaixar dois bons resultados (6º e 5º) e dali em diante só melhoramos. A segunda etapa de 2020 em Goiânia, a penúltima do ano, também não foi boa para mim, mas ali as circunstâncias eram outras, eu estava na liderança do campeonato, levando 30 quilos de lastro, e isso peso prejudica muito muita nessa pista, que tem frenagens fortes, aproximação com ondulação, retomadas fortes de curvas de baixa. Tenho certeza de que nossos carros estão chegando a Goiânia esse ano em condições de brigar pela pole position, como fizemos em todas as pistas ano passado”, disse Thiago Camilo. Vale lembrar que das seis pistas utilizadas pela Stock Car em 2020 – Goiânia, Interlagos, Londrina, Cascavel, Velocittà e Curitiba, a Ipiranga Racing só não fez pole em Goiânia e no Velocittà.

Cesar Ramos tem ainda mais motivos para acreditar num bom desempenho em Goiânia. “Ano passado foi meu primeiro na equipe, e em função da pandemia e consequentemente do pouco convívio com mecânicos e engenheiros fora das datas de corrida, o entrosamento veio de uma forma mais lenta. O fato de eu ter feito pole position já na segunda etapa dá a impressão de que o entrosamento já estava perfeito, mas isso é uma coisa que leva um tempo, vai amadurecendo etapa a etapa, a equipe entender como eu trabalho e eu entender como eles trabalham, somado ao fato de que tínhamos um carro novo. Esse ano me sinto mais confortável e confiante, acho que vamos evoluir até taticamente, na maneira de ler e interpretar o regulamento. E estrear em Goiânia é muito bom, junto com Interlagos é uma das pistas mais bem estruturadas do Brasil. Além de eu gostar do traçado”.

“Antes de mais nada, estamos muito felizes em poder dar início à temporada no próximo fim de semana. Mexemos muito nos carros, tivemos um bom tempo para isso, e estou ansioso para ver como essa evolução vai se mostrar na pista. Goiânia é uma pista onde não fomos bem em 2020 por uma série de fatores, e por isso estamos gostando do desafio de começar logo aqui”, completa Andreas Mattheis, o chefe da equipe. 

As corridas da Stock Car em Goiânia terão largada às 15h10min de domingo (25) e transmissão da Band e do SporTV2.

 

Texto: Divulgação

Fotos:  Carsten Horst/Hyset/Divulgação

Copyright© 2007-2021 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: