Cacá Bueno e Daniel Serra separados por cinco milésimos de segundo

24 de abril de 2021

Quem viu Cacá Bueno recebendo o troféu pela pole position da corrida de abertura da temporada 2021 da Stock Car não imagina o quão difícil foi para que o piloto da Crow Racing conseguisse o0 direito de largar abrindo a primeira fila.

Na classificação disputada na tarde deste sábado (24), Cacá mostrou na pista do Autódromo Internacional de Goiânia (GO) que não perdeu a manha em pilotar um Stock Car e travou uma boa briga pelo primeiro lugar no grid de largada.

Desde a sexta-feira (23) o equilíbrio visto na Stock Car, com 25 pilotos no mesmo segundo, dava mostras de que a ponta seria estabelecida nos detalhes e, uma pequena travada nos freios em uma das curvas do circuito foi determinante para que Daniel Serra ficasse a apenas 0.005s de diferença para o pole.

Cacá estabeleceu a marca de 1min26.863s contra  1min26.868s de Serra. Na terceira posição ficou o campeão de 2020 e companheiro de Daniel na Eurofarma RC, Ricardo Maurício com o tempo de 1min26,903s. Allam Khodair, da Blau Motorsport  ficou com a quarta posição ao cravar o tempo de 1min26.915s, completando o quarteto que andou na casa de um minuto e 26 segundo na parte final da classificação.

Se as duas primeiras filas ficaram com os Chevrolet Cruze, a terceira fila é toda dos Toyota Corolla: o atual vice-campeão Ricardo Zonta ficou em quinto, seguido pela jovem promessa Bruno Baptista, um nome a ser observado em 2021.

“Largar em segundo é bom. Mas, claro, nós tínhamos carro para brigar pela pole”, ponderou Daniel Serra. “A diferença foi de apenas cinco milésimos de segundo. No Q1, o carro estava muito bom, impressionantemente bom. Temos um bom carro para a corrida. E agora temos que pensar o que cada um vai fazer de estratégia, pensar nas possibilidades e começar o campeonato”, completou.

“Foi super positivo. O meu carro estava muito dianteiro na curva 1, fizemos alguns ajustes para a classificação e acho que foi isso que me colocou no Q2 e Q3”, contou Ricardo Maurício. “Só tenho que agradecer a equipe pelo trabalho. Em todos os treinos, o carro foi evoluindo. Estamos a apenas 40 centésimos de segundos do Cacá, bem vivos na briga e ainda tem muita água para rolar”, completou o campeão de 2020.

A Stock Car dará a largada para sua 43ª temporada neste domingo, a partir das 15h10. Serão duas corridas valendo pela primeira etapa no autódromo de Goiânia. A primeira terá 25 minutos de duração, com a segunda prova, de 20 minutos, largando logo a seguir. As duas corridas serão separadas por apenas uma volta de realinhamento dos competidores – ou seja, não haverá interrupção entre uma e outra.

A etapa será transmitida ao vivo pela Band, Sportv, além do canal AutoVideos (Facebook e Twitch). No exterior, a competição será mostrada, também ao vivo, pelo Carburando, maior programa de esportes a motor da Argentina, e o Motorsport.tv, principal canal de transmissão de automobilismo, com público potencial de 4,3 bilhões de pessoas.

Confira o grid de largada para a abertura da temporada da Stock Car Pro Series:
1º – Cacá Bueno (Crown Racing/Chevrolet Cruze) – 1min26s863
2º – Daniel Serra (Eurofarma RC/Chevrolet Cruze) – 1min26s868
3º – Ricardo Maurício (Eurofarma RC/Chevrolet Cruze) – 1min26s903
4º – Allam Khodair (Blau Motorsport/Chevrolet Cruze) – 1min26s915
5º – Ricardo Zonta (RCM/Toyota Corolla) – 1min27s023
6º – Bruno Baptista (RCM/Toyota Corolla) – 1min27s088
7º – Cesar Ramos (Ipiranga Racing/Toyota Corolla) – 1min27s096
8º – Gaetano di Mauro (KTF Racing/Chevrolet Cruze) – 1min27s171
9º – Rafael Suzuki (Full Time Bassani/Toyota Corolla) – 1min27s212
10º – Gabriel Casagrande (A. Mattheis-Vogel/Chevrolet Cruze) – 1min27s219
11º – Diego Nunes (Blau Motorsport/Chevrolet Cruze) – 1min27s222
12º – Guilherme Salas (KTF Sports/Chevrolet Cruze) – 1min27s270
13º – Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Toyota Corolla) – 1min27s295
14º – Rubens Barrichello (Full Time Sports/Toyota Corolla) – 1min27s421
15º – Denis Navarro (Cavaleiro Sports/Chevrolet Cruze) – 1min27s457
16º – Lucas Foresti (KTF Sports/Chevrolet Cruze) – 1min27s348
17º – Julio Campos (Lubrax Podium/Chevrolet Cruze) – 1min27s349
18º – Christian Hahn (Blau Motorsport II/Chevrolet Cruze) – 1min27s399
19º – Átila Abreu (Shell V-Power/Chevrolet Cruze) – 1min27s435
20º – Sergio Jimenez (MX Piquet Sports/Toyota Corolla) – 1min27s436
21º – Pedro Cardoso (KTF Racing/Chevrolet Cruze) – 1min27s445
22º – Beto Monteiro (Crown Racing/Chevrolet Cruze) – 1min27s552
23º – Felipe Massa (Lubrax Podium/Chevrolet Cruze) – 1min27s567
24º – Tony Kanaan (Full Time Bassani/Toyota Corolla) – 1min27s653
25º – Guga Lima (A. Mattheis-Vogel/Chevrolet Cruze) – 1min27s667
26º – Marcos Gomes (Cavaleiro Sports/Chevrolet Cruze) – 1min27s688
27º – Galid Osman (Shell V-Power/Chevrolet Cruze) – 1min27s713
28º – Felipe Lapenna (Hot Car/Chevrolet Cruze) – 1min27s795
29º – Max Wilson (Full Time Sports/Toyota Corolla) – 1min27s932
30º – Gustavo Frigotto (RKL/Chevrolet Cruze) – 1min28s626
31º – Tuca Antoniazi (Hot Car/Chevrolet Cruze) – 1min29s042
32º – Nelson Piquet Jr. (MX Piquet Sports/Toyota Corolla) – sem tempo

Texto: Com informações de Rodolpho Siqueira e Bruno Vicaria/Stock Car-Divulgação.
Fotos: Duda Bairros/Stock Car-Divulgação.

Copyright© 2007-2021 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: