Vai ter início a temporada 2021 da Endurance Brasil

28 de abril de 2021

Vai começar a temporada 2021 da Endurance Brasil (Império Endurance Brasil). Neste sábado (01), em Goiânia, a categoria que reúne no mesmo grid os carros mais rápidos do Brasil e super máquinas como Mercedes, Porsche, McLaren, Audi, Aston Martin e outros realiza a sua primeira etapa com uma corrida que terá quatro horas de duração e promete ser emocionante.

No total, 32 carros estão inscritos para eta primeira disputa do ano. Entre os 78 pilotos confirmados, nomes de peso como Cacá Bueno, Átila Abreu, Allam Khodair, Julio Campos, Max Wilson, Ricardo Maurício, entre outros.

“O Império Endurance Brasil vem crescendo muito nos últimos anos e atraindo cada vez mais a atenção tanto do público quanto dos pilotos. Nosso grid está ainda mais forte do que no ano passado, e, com a chegada de novos parceiros como a Pirelli, Bandsports, além da manutenção de antigos patrocinadores como a cervejaria Império, Sttutgart e Eurobike, temos convicção de que o campeonato deste ano será um dos mais emocionantes de todos os tempos”, afirmou Henrique Assunção, presidente da Associação dos Pilotos de Endurance, entidade responsável pela organização do campeonato.

Entre as novidades do grid, está a estreia do pentacampeão da Stock Car Cacá Bueno. Ele vai competir na categoria GT3 ao lado de Ricardo Baptista e a bordo de uma Mercedes AMG GT3.

“Já corri com o Ricardo em Silverstone e Hungaroring em provas de longa duração em 2018, então já temos um certo entrosamento que será importante para esta temporada. Vamos trabalhar bastante para e será incrível acelerar uma máquina dessa como o Mercedes AMG GT3”, afirma Cacá Bueno, que na semana passada foi pole position  na abertura da Stock Car, justamente em Goiânia.

A categoria P1 também promete ser bastante equilibrada, com 10 carros inscritos na briga pelo título. Serão nove protótipos AJR – o carro de corrida mais rápido do país – e um desafiante de peso: o protótipo Ginetta G57 comandado pelos irmãos Fábio e Wagner Ebrahim.

“Ano passado sofremos com alguns problemas e quebras que nos tiraram a chance de brigar de igual para igual com os AJR, mas trabalhamos bastante no carro para esta temporada e estamos apostando em uma maior confiabilidade do equipamento para buscar vitórias e lutar pelo título”, analisou Wagner Ebrahim.

Além disso, os campeões do ano passado, agora, são adversários. Henrique Assunção irá acelerar ao lado de Fernando Fortes e Fernando Ohashi no protótipo AJR #175 da JLM Racing, o carro campeão de 2020. Já Andersom Toso se junta a Tuca Antoniazi e Pedro Castro no AJR #46, preparado pela Motin Racing.

Aldo Piedade Jr e Jindra Kraucher trazem novidades a bordo do protótipo Sigma para brigar pelo título deste ano. A dupla apostou em uma série de inovações técnicas, entre elas a inclusão do mesmo modelo de câmbio usado pelos carros da Indy Light nos Estados Unidos.

“Fizemos muitas mudanças para buscar evoluir o carro. Estamos também com novo chassis, que contorna muito melhor do que o anterior. Ele consegue carregar muito mais velocidade nas curvas de média e alta velocidade e acredito que, desta forma, chegamos em Goiânia prontos para brigar pela vitória e fazer uma grande temporada”, afirmou Jindra Kraucher.

Outro carro que promete chamar atenção nas pistas é o protótipo da Giaffone Racing preparado pela JDavid Team e que será comandado por Guto Negrão e Alan Hellmeister. O carro conta com motor de Stock Car de 500cv, freios ABS, câmbio paddle shift de seis marchas, peças de carbono e ainda é equipado com controle de tração, ar-condicionado e pedaleiras reguláveis.

“Investimos bastante neste carro e estamos confiantes de que brigaremos pelo título já neste primeiro ano. Todo conhecimento em tecnologia adquirido pela Giaffone Racing ao longo de anos produzindo os carros da Stock Car estão embarcados neste protótipo. O resultado foi um equipamento muito seguro, confiável”, afirma Hellmeister.

A GT4 também tem novidades. Ao lado de Lucas Foresti e Paulo Sousa, Henry Visconde irá estrear em Goiânia o novo BMW M4. “Este carro é muito competitivo nos campeonatos europeus de GT4 europeus e temos certeza de que vai andar muito bem aqui no Brasil”, confia Carlos Geison Andrade, o Né, chefe da equipe MC Tubarão, responsável pela preparação do carro.

O objetivo do time é fazer frente aos atuais campeões Átila Abreu e Léo Sanchez, que voltam para o campeonato a bordo de uma Mercedes AMG. As duas McLarens 570s da Autlog Racing também estão na disputa. Uma delas será comandada por André Moraes Jr, Cássio Homem de Mello e Flávio Abrunhoza. No outro carro estão Alexandre Bastos, Gustavo Conde e Marcelo Brisac.

Os treinos da primeira etapa do Império Endurance Brasil começam nesta quinta-feira, com um treino extra que terá quatro horas de duração. Na sexta, os pilotos terão direito a mais três horas de ensaios antes da tomada classificatória, que está marcada para as 15h30.

No Sábado, às 15h, acontece a largada das Quatro Horas de Goiânia, prova que abre a temporada. A disputa será transmitida ao vivo e na integra pelo Bandsports e pelo canal oficial da categoria no Youtube.

 

Texto: Divulgação

Fotos: Bruno Terena/MS2/Divulgação

Copyright© 2007-2021 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: