Félix da Costa larga em 18º e Daniel Serra em 4º

15 de maio de 2021

O Campeão Mundial de Fórmula E, Antonio Felix da Costa, fez sua estreia oficial no Autódromo José Carlos PaceInterlagos, neste sábado (15), e vai largar em décimo oitavo lugar na primeira corrida da Stock Car.

O piloto desembarcou no Brasil na manhã de ontem, para correr pela equipe Eurofarma-RC, substituindo o atual campeão da categoria, Ricardo Maurício, que testou positivo para o covid e teve que ficar de fora da segunda etapa da temporada.

Com a determinação de quem estava diante de grande desafio, a tarde de sexta-feira foi de muito aprendizado. Apesar de já ter participado de outras edições da Stock Car, o carro da temporada 2021 está bastante diferente, mais pesado, o que muda também a freada, e com menos pressão aerodinâmica. “Testamos o rádio, todos os botões, assisti a alguns vídeos, olhei gráficos e tudo o que foi possível fazer antes de começarem os treinos oficiais”, conta ele.

Mas, o campeão mundial só pode acelerar com o carro do atual campeão em dois treinos programados para a manhã desse sábado. “Sabíamos que que seria pouco tempo de treino, mas ele foi muito bem, é um piloto determinado, focado e rápido tanto no entendimento quanto na pista”, elogia Rosinei Campos, chefe da equipe Eurofarma-RC. “Foi um grande trabalho com a equipe, com os engenheiros e com o Daniel Serra, todos ajudaram bastante para que eu pudesse aprender sobre o carro e o circuito e evoluir rápido. Eu estava bem preparado, o carro estava muito bom”, diz Da Costa.

Durante o treino classificatório o piloto convidado largou no segundo pelotão. A primeira volta foi boa, mas, uma forçada nos freios na segunda volta tirou o campeão do Q2. “Fiz uma boa primeira volta, mas, na segunda eu fui um pouco mais agressivo nos freios e acabei rodando, uma pena porque poderíamos facilmente ter entrado no Q2. Mas, é uma corrida longa, vamos largar em décimo oitavo e estou confiante que ainda podemos fazer um bom resultado”.

Bom resultado também para Daniel Serra, o atual líder do campeonato. A partir dessa etapa começa a valer o lastro de sucesso, que adiciona peso para os seis primeiros colocados.

O líder leva 30 quilos adicionais, uma diferença que tira o sonho da pole. Ainda assim, Serra foi o melhor colocado entre os pilotos com lastro e vai largar em quarto lugar. “Foi muito bom, porque estou levando 30 quilos a mais que os outros carros, então, além de ser o carro com mais peso é o primeiro carro com peso do grid. Então, só tenho que agradecer a equipe porque o carro está muito bom e muito consistente, com ritmo bom. Uma pena a primeira volta, ela estava melhor que a segunda, mas, eu perdi a tração na subida da junção e eu quase rodei, mas, ainda deu para dar a segunda volta, porque eu estava achando que o combustível ia acabar, estávamos no limite. Então, foi bom, em quarto lugar e com 30 quilos eu não esperava nem largar entre os 10 primeiros, para falar a verdade”.

A largada da primeira corrida será neste domingo, 16 de maio, a partir das 11h15 com transmissão ao vivo pela Band e SPORTV. A segunda corrida terá grid invertido e com formação e movimento. As provas terão 30 minutos de duração.

Ricardo Maurício, atual campeão, vai acompanhar pela televisão. Ele apresenta sintomas leves e está medicado. A recomendação é repouso, porque o próximo desafio está a pouco mais de trinta dias. “Estou louco para estar aí e poder assumir meu carro, mas, por hora, vou me concentrar na recuperação”, diz ele.

Veja como ficou o grid de largada da segunda etapa da temporada:
1 Gabriel Casagrande (AMattheis Vogel Motorsport/Cruze), 1:39.800
2 Allam Khodair (Blau Motorsport/Cruze), 1:39.805 a 0.005
3 Diego Nunes (Blau Motorsport/Cruze), 1:39.999 a 0.199
4 Daniel Serra (Eurofarma-RC/Cruze), 1:40.028 a 0.228
5 Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Corolla), 1:40.125 a 0.325
6 Rubens Barrichello (Full Time Sports/Corolla), 1:40.157 a 0.357
7 Marcos Gomes (Cavaleiro Sports/Cruze), 1:40.011
8 Cesar Ramos (Ipiranga Racing/Corolla), 1:40.019 a 0.396
9 Ricardo Zonta (RCM Motorsport/Corolla), 1:40.110 a 0.487
10 Bruno Baptista (RCM Motorsport/Corolla), 1:40.142 a 0.519
11 Beto Monteiro (Crown Racing/Cruze), 1:40.190 a 0.567
12 Denis Navarro (Cavaleiro Sports/Cruze), 1:40.223 a 0.600
13 Rafael Suzuki (Full Time Bassani/Corolla), 1:40.234 a 0.611
14 Átila Abreu (Shell V-Power/Cruze), 1:40.235 a 0.612
15 Cacá Bueno (Crown Racing/Cruze), 1:40.251 a 0.628Q1
16 Galid Osman (Shell V-Power/Cruze), 1:40.165
17 Pedro Cardoso (KTF Racing/Cruze), 1:40.189 a 0.693
18 Félix da Costa (Eurofarma-RC/Cruze), 1:40.254 a 0.758
19 Guga Lima (AMattheis Vogel Motorsport/Cruze), 1:40.343 a 0.847
20 Felipe Lapenna (Hot Car Competições/Cruze), 1:40.351 a 0.855
21 Christian Hahn (Blau Motorsport II/Cruze), 1:40.382 a 0.886
22 Sergio Jimenez (MX Piquet Sports/Corolla), 1:40.437 a 0.941
23 Felipe Massa (Lubrax Podium Stock Car Team/Cruze), 1:40.449 a 0.953
24 Matias Rossi (Full Time Sports/Corolla), 1:40.502 a 1.006
25 Julio Campos (Lubrax Podium Stock Car Team/Cruze), 1:40.509 a 1.013
26 Lucas Foresti (KTF Sports/Cruze), 1:40.607 a 1.111
27 Gaetano di Mauro (KTF Racing/Cruze), 1:40.634 a 1.138
28 Tony Kanaan (Full Time Bassani/Corolla), 1:40.748 a 1.252
29 Nelson Piquet Jr (MX Piquet Sports/Corolla), 1:41.009 a 1.513
30 Gustavo Frigotto (RKL Competições/Cruze), 1:41.134 a 1.638
31 Guilherme Salas (KTF Sports/Cruze), 1:42.792 a 3.296
32 Tuca Antoniazi (Hot Car Competições/Cruze), 1:42.866 a 3.370

Texto: Patrícia Alves.
Fotos: Bruno Terena.

Copyright© 2007-2021 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: