Felipe Giaffone e André Marques vencem na abertura da Copa Truck

24 de maio de 2021

A estreia da temporada 2021 da Copa Truck, que marcou o retorno das corridas de caminhões na TV aberta com a Band (além do SporTV 2 e dos canais oficiais da categoria), foi um prato cheio no almoço de domingo dos fãs dos brutos, com direito a muitas emoções, disputas e confusões, premiando Felipe Giaffone (Iveco), André Marques e Giuliano Losacco (Mercedes).

O fim de semana contou com muitas novidades, como os novos pneus Goodyear e um novo sistema de medição eletrônico de excesso de fumaça, que provocou a desclassificação após uma série de advertências dos modelos Volkswagen Meteor de Beto Monteiro e Roberval Andrade, que venceram na pista, mas caíram para último com as punições.

Com um Iveco Hi-Way, Giaffone forçou seu equipamento ao máximo na primeira corrida, chegando 2s2 à frente do Mercedes-Benz Novo Actros de Losacco, o que acabou cobrando o preço na segunda corrida, quando abandonou logo no começo após uma falha mecânica. Já André Marques mostrou sua velha e boa consistência, somando dois pódios, entre eles uma vitória, liderando a trinca da Mercedes na segunda prova, com Cirino e Losacco fechando o “top 3”.

“Tivemos um fim de semana muito legal, com a pole position Maxon e uma vitória. Na pista o Beto Monteiro chegou na frente mas foi desclassificado por excesso de fumaça e vencemos. Isso é o reflexo do trabalho que fizemos desde o começo do ano, treinando na pista, desenvolvendo o caminhão na equipe e com os parceiros Iveco e FPT. O problema da corrida dois foi um parafuso do câmbio que se soltou, então não é um problema crônico, é um detalhe pra equipe ver. Estou feliz demais com a equipe”, comenta Giaffone.

“Estou muito feliz com esse resultado. O time trabalho duro para deixar os caminhões dentro do novo regulamento e o resultado veio na pista. Não tivemos nenhuma advertência por fumaça e conquistamos as vitórias. Quero agradecer todo o nosso time e nossos patrocinadores, e vamos seguir devolvendo essa confiança com mais pódios”, ressaltou Marques, líder na geral com 36 pontos, contra 34 de Losacco e 32 de Cirino.

“O caminhão estava perfeito. Só posso agradecer o trabalho do time, o convite do André Marques e os resultados. Voltar a pilotar depois de três anos e nesse time maravilhoso, é muito bom”, completou Losacco, que lidera a Super Truck com 40 pontos, contra 34 de Felipe Tozzo, 32 de José Augusto e 30 de Evandro Camargo, todos com presença no pódio de uma das duas corridas.

A próxima etapa da categoria está marcada para o dia 27 de junho, no Autódromo de Interlagos.

Resultado da primeira corrida:
1° Felipe Giaffone (Iveco) 14 voltas em 26:23.296
2° Giuliano Losacco (Mercedes-Benz) a 2.233*
3° André Marques (Mercedes-Benz) a 6.057
4° Wellington Cirino (Mercedes-Benz) a 6.102
5° Felipe Tozzo (Iveco) a 26.325*
6° Adalberto Jardim (Protótipo) a 39.065
7° Valmir Benavides (Iveco) a 39.845
8° Evandro Camargo (Mercedes-Benz) a 40.144*
9° José Augusto Dias (Volkswagen) a 41.495*
10° Daniel Kelemen (Mercedes-Benz) a 50.169*
11° Djalma Pivetta (Iveco) a 52.727*
12° Luiz Lopes (Iveco) a 55.088
13° Glauco Barros (Mercedes-Benz) a 1:09.559*
14° Jaidson Zini (Mercedes-Benz) a 1:42.375

Não completaram
Danilo Alamini (MAN) a 6 Voltas*
Rodrigo Pimenta (Protótipo) a Voltas*
Débora Rodrigues (Volkswagen) a 9 Voltas
Paulo Salustiano (Volkswagen) a 9 Voltas
Fábio Fogaça (Protótipo) a 12 Voltas*
Danilo Dirani (Mercedes-Benz) a 13 Voltas
Maicon Roncen (Volvo) a 14 Voltas*
Pedro Paulo Fernandes (Mercedes-Benz) a 14 Voltas*

Desclassificados
Beto Monteiro (Volkswagen)
Roberval Andrade (Volkswagen)
Carlos Machado (Volvo)*

Melhor volta: 1:51.686, Felipe Giaffone
* – Pilotos da categoria SuperTruck

Resultado da segunda corrida:
1° André Marques (Mercedes-Benz) 11 voltas em 21:00.817
2° Wellington Cirino (Mercedes-Benz) a 4.198
3° Giuliano Losacco (Mercedes-Benz) a 5.791*
4° José Augusto Dias (Volkswagen) a 7.777*
5° Felipe Tozzo (Iveco) a 21.964*
6° Valmir Benavides (Iveco) a 23.409
7° Jaidson Zini (Mercedes-Benz) a 29.436
8° Evandro Camargo (Mercedes-Benz) a 31.358*
9° Djalma Pivetta (Iveco) a 32.516*
10° Luiz Lopes (Iveco) a 42.554
11° Glauco Barros (Mercedes-Benz) a 1:39.189*

Não completaram

Daniel Kelemen (Mercedes-Benz) a 4 Voltas*
Rodrigo Pimenta (Protótipo) a 6 Voltas*
Adalberto Jardim (Protótipo) a 11 Voltas
Felipe Giaffone (Iveco) a 11 Voltas
Danilo Alamini (MAN) a 11 Voltas*

Não largaram
Débora Rodrigues (Volkswagen)
Paulo Salustiano (Volkswagen)
Fábio Fogaça (Protótipo)*
Danilo Dirani (Mercedes-Benz)
Maicon Roncen (Volvo)*
Pedro Paulo Fernandes (Mercedes-Benz)*

Desclassificados
Roberval Andrade (Volkswagen)
Beto Monteiro (Volkswagen)
Carlos Machado (Volvo)

Melhor volta: 1:52.929, André Marques
* – Pilotos da categoria SuperTruck

Confira a classificação-geral da Copa Truck:

1. André Marques, 36 Pontos
2. Giuliano Losacco, 34  Pontos
3. Wellington Cirino, 32  Pontos
4. Felipe Tozzo, 26  Pontos
5. Valmir Benavides, 23  Pontos
6. José Augusto, 23  Pontos
7. Felipe Giaffone, 22  Pontos
8. Evandro Camargo, 20  Pontos
9. Djalma Pivetta, 16  Pontos
10. Jaidson Zini, 15  Pontos
11. Adalberto Jardim, 14  Pontos
12. Luiz Lopes, 14  Pontos
13. Glauco Barros, 12  Pontos
14. Daniel Kelemen, 10  Pontos

Classificação da Super Truck:

1. Giuliano Losacco, 40  Pontos
2. Felipe Tozzo, 34  Pontos
3. José Augusto, 32  Pontos
4. Evandro Camargo, 30  Pontos
5. Djalma Pivetta, 25  Pontos
6. Glauco Barros, 23  Pontos
7. Daniel Kelemen, 15  Pontos

  

 

Texto: Bruno Vicaria/Divulgação

Fotos: Duda Bairros/Copa Truck/Divulgação

Copyright© 2007-2021 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: