GM vai ampliar investimentos em carros elétricos e autônomos

16 de junho de 2021

A General Motors Co. (NYSE: GM) anunciou, nesta quarta-feira (16) que vai aumentar seus investimentos em carros elétricos e autônomos para US$ 35 bilhões entre os anos de 2020 e 2025, o que representa um aumento de 75% em relação ao compromisso inicial anunciado antes da pandemia.
A intensificação desse compromisso da GM acelera sua estratégia de transformação. A montadora quer se  se tornar líder de mercado em veículos elétricos na América do Norte; líder global em tecnologia de bateria e célula de combustível por meio de sua plataforma de bateria Ultium e células de combustível HYDROTEC; e, por meio da Cruise, ser a primeira a comercializar com segurança a tecnologia de direção autônoma em grande escala.

“Estamos investindo fortemente em um plano abrangente e altamente integrado para garantir que a GM lidere em todos os aspectos a transformação para um futuro mais sustentável”, disse a Chair e CEO da GM, Mary Barra. “A GM tem como meta global a venda de mais de 1 milhão de veículos elétricos anualmente até 2025, e estamos aumentando nossos investimentos para ganhar escala mais rápido porque vemos que este é o momento propício para a eletrificação nos Estados Unidos, junto com a demanda dos clientes por nosso portfólio de produtos. Há uma convicção forte e crescente entre nossos funcionários, clientes, revendedores, fornecedores, sindicatos e investidores, além de legisladores, de que os veículos elétricos e a tecnologia de direção autônoma são a chave para um mundo mais limpo e seguro para todos”, disse Barra.
O anúncio de hoje baseia-se no compromisso inicial da GM anunciado em março de 2020 de investir US$ 20 bilhões de 2020 a 2025, incluindo capital, despesas de engenharia e outros custos de desenvolvimento, para acelerar sua transição para EVs e AVs. Em novembro de 2020, a empresa aumentou o investimento planejado para US$ 27 bilhões, considerando o mesmo período.

Esse investimento foi viabilizado graças a força dos negócios da GM, incluindo o recorde de EBIT ajustado nos últimos três trimestres. A GM agora espera entregar resultados melhores do que o esperado no segundo trimestre, apesar do impacto da escassez de semicondutores em toda a indústria.

A GM confirma os planos para lançar suas células de combustível HYDROTEC de terceira geração com densidade de potência ainda maior e custos mais baixos até meados da década. A GM fabrica suas células de combustível em Brownstown Charter Township, Michigan, em uma joint venture com a Honda.
Texto: Isabel Faria/Nelson Silveira/Divulgação
Fotos: Divulgação

Copyright© 2007-2021 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: