Equipes disputam prova visando preparação para o Rally dos Sertões

15 de julho de 2021

As duas categorias mais numerosas do Rally dos Sertões fazem seu último “teste coletivo” neste final de semana (17 e 18), quando será disputado o Rally Cuesta, na região de Botucatu, interior de São Paulo. Motos e UTVs percorrerão duas sessões diárias de 70km, totalizando 140km de prova. Vencedor de uma das edições do Cuesta, o piloto Rodrigo Varela explica a importância da corrida.

“Além de ser a etapa de abertura do Campeonato Brasileiro de Rally Baja, o Cuesta também é a última oportunidade de medir forças com os concorrentes que estarão no Sertões, a maior prova do continente”, explica Varela, piloto da equipe Monster Can-Am, ele próprio um dos grandes nomes para a disputa do Sertões na categoria UTV.

Sertões – Motos e UTVs correspondem geralmente a cerca de dois terços dos inscritos nas categorias principais do Sertões, que neste ano terá largada no dia 13 de agosto para percorrer 3.524km na região Nordeste. “Vamos largar neste sábado para o Rally Cuesta com uma missão complexa: brigar por uma boa colocação no Campeonato Brasileiro de Baja, testar o nível do nosso equipamento frente aos concorrentes e também não assumir riscos desnecessários, pois nossa meta é ter um carro íntegro e competitivo para o Sertões. Ou seja, acelerar forte mas com cautela, duas coisas quase incompatíveis”, detalha Rodrigo Varela.

A equipe Monster Can Am também contará no Rally Cuesta com a experiência do tricampeão mundial de Rally Cross-Country Reinaldo Varela, que fará a prova como preparação para o Sertões. “Nas próximas semanas vamos fazer testes particulares com nossa equipe, mas correr nesta prova tem um valor especial em termos de preparação. Disputar o Rally Cuesta te coloca no ambiente de uma competição propriamente dita, então é um treinamento importante para chegarmos competitivos no Sertões”, diz ele.

Começando pelas motos, como é tradicional nos rallies, a programação prevê o início da competição às 9h do sábado. No domingo, a primeira moto larga às 8h, com o pódio e premiação dos vencedores a partir das 15h. A equipe Monster Can-Am compete com apoio de Norton, Arisun Pneus, Techbond, Motul e Blindarte.

 

Texto: Rodolpho Siqueira/Divulgação

Fotos: Daniel Lins/Dfotos/Divulgação

Copyright© 2007-2021 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: