Fábio Fogaça vence a corrida e soma 52 pontos na Super Truck em Curitiba

6 de setembro de 2021

Um problema com a borracha de vedação do tanque levou o paulista Fábio Fogaça, da equipe FF Motorsport/Quartzolit/Brasilit/ Kraucher/Sekurit Partner/Foxlux/Famastil/Kester Pay, a abandonar a segunda corrida  da sétima etapa da Copa Truck, disputada neste domingo, no Autódromo Internacional de Curitiba, no Paraná. O problema impediu Fábio de pontuar nas quatro provas da categoria Super Truck na rodada dupla. Ele retorna a Sorocaba (SP) com a vitória e o segundo lugar na sextas etapa, disputada no sábado, e no quinto lugar na primeira corrida na sétima etapa neste domingo.

Fábio Fogaça explica que a borracha fica por dentro da tampa do tanque e se soltou, tapando a passagem de diesel para alimentar o motor. “O caminhão foi perdendo rendimento e pensei que o motor tinha quebrado, pois apagou e tive que abandonar. Depois da corrida, quando a equipe de guincho o trouxe para o boxe, verificamos que o motor girava, portanto, não tinha quebrado. Aí descobrimos que a borracha impediu o diesel de chegar à bomba de combustível”, adiante Fábio Fogaça.

Mas Fábio deixa Curitiba feliz com o fim de semana, o qual classifica como bom, começando a com a vitória na corrida 1 no sábado, a sua segunda na temporada; o segundo lugar na corrida 2; e o quinto lugar na corrida 1 deste domingo. “Somamos 52 pontos no fim de semana. Melhoramos no campeonato e vamos para a próxima etapa com a expectativa de mais um bom resultado”, frisa Fábio Fogaça.

Os vencedores da Super Truck neste domingo, pela sétima etapa da temporada foram José Augusto Dias, na primeira corrida, e Danilo Alamini na seguinda.

Felipe Tozzo continua na liderança da Super Truck com 201 pontos. Fábio Fogaça subiu para a oitava colocação, com 134 pontos.

A 8ª e penúltima etapa da temporada da Copa Truck está marcada para três de outubro, no Autódromo Potenza, localizado em Lima Duarte (MG).

Classificação da Super Truck após sete etapas

1º) Felipe Tozzo, com 201 pontos

2º) Jose Augusto Dias, 186

3º) Giuliano Losacco, 182

4º) Danilo Alamini, 173

5º) Glauco Barros, 170

6º) Evandro Camargo, 141

7º) Djalma Pivetta, 138

8º) Fábio Fogaça, 134

9º) Daniel Kelemen, 126

10º) Ricardo Alvarez, 90

11º) Pedro Paulo Fernandes, 75

12º) Rodrigo Pimenta, 42

13º) Sérgio Ramalho, 27

14º) Maicon Roncen, 0

15º) Carlos Machado, com 0 ponto

Texto: Luiz Aparecido da Silva/Divulgação

Fotos: Vanderley Soares/Divulgação

Copyright© 2007-2021 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: