Digo Baptista mantém vice-liderança da TCR South America

12 de setembro de 2021

Na véspera de completar 25 anos, o brasileiro Digo Baptista, da equipe Cobra Racing Team, deu mais duas demonstrações de que vai lutar pelo título do TCR South America até o final.

Como na etapa passada, em Curitiba (PR), quando largou do fim do grid e venceu, o paulista se superou mais uma vez para conquistar um pódio e um quinto lugar, neste domingo (12), na quarta etapa da temporada em Rivera, no Uruguai, e segue na vice-liderança da competição, atrás apenas do espanhol Pepe Oriola.

No sábado, o brasileiro enfrentou problemas ainda no segundo treino livre no seu Audi RS3 LM TCR #13 e não pôde participar do classificatório no traçado de 3,080 km. Desta forma, Digo partiu de 13º e último lugar nas duas corridas.

Na primeira corrida, logo nas primeiras voltas, o piloto já aparecia entre os oito primeiros e continuou fazendo grandes ultrapassagens. Num ritmo forte, chegou ao terceiro posto. Na última volta, no entanto, o carro passou a apresentar um problema no freio e o piloto cruzou a linha de chegada em quinto.

Novamente partindo do final do grid, Digo foi pra cima na segunda corrida e iniciou sua escalada no pelotão. Na última volta, ele estava em quarto e conseguiu uma bela ultrapassagem dupla nas curvas finais para chegar em segundo lugar e conquistar seu terceiro pódio na categoria.

Os vencedores em Rivera foram o uruguaio Santiago Urrutia e o espanhol Oriola. Com os resultados, Digo tem agora 99 pontos, contra 124 de Oriola. A briga promete seguir acirrada na próxima etapa, nos dias 2 e 3 de outubro, novamente em terras uruguaias, desta vez no circuito de El Pinar.

“Nos treinos de sábado, mexemos bastante no carro, fizemos vários ajustes, mas no último treino, quando paramos nos boxes para fazer mais algumas mudanças e colocar pneus novos, o carro não pegou mais”, contou Digo.

“Não conseguimos ir para a classificação e, só no final do dia, depois de desmontar praticamente o carro inteiro, a equipe descobriu que tinha um parafuso pequeno que havia se soltado entre o câmbio e a embreagem e a peça que se quebrou ficou num lugar que travava o motor. Então, ele não pegava. Foi uma pena, porque tínhamos um carro para brigar para largar lá na frente”, explicou o brasileiro, vice-campeão das 24 Horas de Le Mans de 2019.

“Mas, felizmente, hoje as duas corridas foram muito boas e conseguimos nos recuperar bem. Poderia ter dado até dois pódios, mas foi uma pena, pois na primeira prova, depois da entrada do Safety Car no final, teve algum problema com a sujeira no freio e eu fiquei sem freios. Não consegui parar uma hora e acabei indo reto, quando faltava uma volta, e caí de terceiro pra quinto, mas deu pra salvar bons pontos”, destacou.

“A segunda corrida foi muito boa, apesar dos problemas no final. O carro começou a entrar em modo de segurança, por conta da temperatura do motor e do câmbio, perdi um pouco de potência, mas consegui terminar em segundo”, celebrou.

“A equipe está de parabéns por todo o trabalho. Era um final de semana que parecia estar perdido e conseguimos nos recuperar e sair com um saldo positivo. Agora é ir pra próxima e focar no trabalho para seguir na briga pelo campeonato”, completou Digo, que faz aniversário nesta segunda-feira.

Além do TCR South America, o piloto também disputa este ano a temporada do PURE ETCR pela equipe Romeo Ferraris. O brasileiro é o quinto colocado e segue com chances de brigar pelo título na etapa final, que acontecerá entre os dias 15 e 17 de outubro em Pau-Arnos, na França.

Os resultados da rodada dupla em Rivera (Top-10):

Corrida 1
1. Santiago Urrutia (Uru) 18 voltas em 26min30s422
2. Pepe Oriola (Esp) + 0s650
3. Pablo Otero (Arg) + 6s940
4. Raphael Reis (Bra) + 8s045
5. Digo Baptista (Bra) + 16s110
6. Fabricio Larratea (Uru) + 18s700
7. Ayrton Chorne (Arg) + 18s765
8. Adalberto Baptista (Bra) + 20s251
9. Fabio Casagrande (Bra) + 20s570
10. Enrique Maglione (Uru) + 1 volta

Corrida 2
1. Pepe Oriola (Esp) 18 voltas em 25min42s038
2. Digo Baptista (Bra) + 2s121
3. Fabricio Larratea (Uru) + 3s182
4. Pablo Otero (Arg) + 4s224
5. Rodrigo Aramendia (Uru) + 9s904
6. Enrique Maglione (Uru) + 22s205
7. Adalberto Baptista (Bra) + 52s212
8. Fabio Casagrande (Bra) + 2 voltas
9. Raphael Reis (Bra) + 2 voltas
10. Santiago Urrutia (Uru) + 5 voltas

TCR South America – Classificação após três etapas (Top-10):
1. Pepe Oriola 124
2. Rodrigo Baptista 99
3. Raphael Reis 73
4. Ayrton Chorne 60
5. Adalberto Baptista 57
6. Tom Coronel 50
7. Fabio Casagrande 50
8. Alberto Monteiro 44
9. Sergio Jimenez 44
10. Valdeno Brito 42

Texto: Fernanda Gonçalves/Divulgação.
Fotos: Rafa Catelan/Divulgação.

Copyright© 2007-2021 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: