Hamilton vence no Catar

21 de novembro de 2021

A 102ª vitória da carreira do inglês Lewis Hamilton na Fórmula 1 foi conquistada neste domingo (21), no Grande Prêmio do Catar, no circuito de Losail.

O piloto da Mercedes dominou a corrida e venceu sem muita dificuldade cruzando a linha de chegada a 25,743s de vantagem para o segundo colocado, o holandês Max Verstappen, da Red Bull.

Max conseguiu superar sua punição por não ter respeitado uma bandeira amarela na classificação que o fez perder cinco posições no grid de largada e, apesar de sua determinação, o segundo lugar foi  seu teto no Catar.

Quem aproveitou a punição de Max e Bottas (também punido pelo mesmo motivo do piloto da Red Bull) foi o espanhol Fernando Alonso que voltou ao pódio da Fórmula 1 após sete ano. Alonso chegou em terceiro lugar. Desde 2014 que o espanhol não subia ao pódio.

O espanhol teve de se preocupar com a proximidade do Mexicano Sergio Pérez, da Red Bull, que chegou em quarto. “Incrível. Sete anos e finalmente conseguimos. Estivemos perto em algumas corridas, mas não o suficiente, Sochi foi a última oportunidade. Honestamente, pensei que poderia estar na liderança, com os pneus macios, pensei que podia tentar ultrapassar o Lewis, mas não consegui. E no final, Checo esteve muito próximo. Estou muito contente pela equipa e além disso, o Ocon chegou em quinto”, disse Alonso.

Com o resultado, Verstappen permanece na liderança da competição com 351,5 pontos, oito pontos a mais que o segundo colocado, Hamilton, que soma 343,5 pontos.

Clique aqui e confira a pontuação do Mundial de Pilotos e Construtores.

Verstappen não escondeu sua raiva ao comentar sobre a corrida, criticando a punição recebida. “A penalização não foi uma surpresa. Já ontem à noite sabia que nunca recebi presentes dos comissários, por isso não faz mal”, falou à TV Sky Sports. “Ainda temos duas etapas pela frente, como se pode ver muitas coisas podem acontecer, mesmo numa qualificação, por isso tudo é possível. As corridas não são complicadas, temos um acelerados, um freio e um volante”. Completou.”, respondeu.

Mesmo em desvantagem na classificação, Lewis Hamilton comemorou sua conquista, a segunda em oito dias, e disse que estava se sentindo só na liderança, além de preferir as brigas por posições.

“Me senti muito sozinho na frente. Eu prefiro as corridas que tenho que ultrapassar, mas hoje precisávamos destes pontos. Estou feliz com os pontos conquistados. Chegar a esta altura do ano e conseguir duas vitórias consecutivas é bom. Me sinto preparado para as próximas corridas. Estou contente com o carro, sinto-me fisicamente bem, isso é muito bom”, disse

A próxima e penúltima etapa acontece dia cinco de dezembro, com a realização do Grande Prêmio da Arábia Saudita, no circuito de Jeddah, que ainda está em preparação para a primeira corrida da categoria. A Largada acontece às 14h30min. A última corrida do ano será dia 12 de dezembro com o Grande Prêmio de Abu Dhabi, no circuito de Yas Marina. A largada está prevista para às 10h.

Confira o resultado do GP do Catar de Fórmula 1:

1) Lewis Hamilton (Mercedes)
2) Max Verstappen (Red Bull/Honda)
3) Fernando Alonso (Alpine/Renault)
4) Sergio Pérez (Red Bull/Honda)
5) Esteban Ocon (Alpine/Renault)
6) Lance Stroll (Aston Martin/Mercedes)
7) Carlos Sainz Jr. (Ferrari)
8) Charles Leclerc (Ferrari)
9) Lando Norris (McLaren/Mercedes)
10) Sebastian Vettel (Aston Martin/Mercedes)
11) Pierre Gasly (AlphaTauri/Honda)
12) Daniel Ricciardo (McLaren/Mercedes)
13) Yuki Tsunoda (AlphaTauri/Honda)
14) Kimi Räikkönen (Alfa Romeo/Ferrari)
15) A.Giovinazzi (Alfa Romeo/Ferrari)
16) Mick Schumacher (Haas/Ferrari)
17) George Russell (Williams/Mercedes)
18) Nikita Mazepin (Haas/Ferrari)
Não completaram a corrida:
Nicholas Latifi (Williams/Mercedes)
Valtteri Bottas (Mercedes)

Foto: Pirelli.
Texto: Robério Lessa -Com informações da Pirelli/Mercedes GP/Red Bull Racing/Alpine F1.

Copyright© 2007-2021 – carrosecorridas.com.br | Proibida a reprodução sem autorização

Tags: